O miradouro da Sapinha e dos dois rios por onde passa a Barca d’Alva

A vista do miradouro da Sapinha em Março é fabulosa devido à flor das amendoeiras e ao brilho dos rios Douro e Águeda, no vale profundo, em frente de Barca d’Alva. No restantes meses é enganadora. O brilho da natureza ofusca o esquecimento. Toda a presença humana em Barca d’Alva é passageira e fugaz. Só…

Ler Mais

A magia do Cavalo de Mazouco: um salto para a beleza eterna

O Cavalo de Mazouco é mágico. Vive há mais de dez mil anos. No imaginário popular já foi um carneiro e captura todos os que se aventuram a descer uma pequena encosta e dão com ele de frente. Preso numa rocha xistosa e a poucas metros do Douro (esta é outra faceta mágica) é como…

Ler Mais

Os condes de Almendra, do Banho e da Nacional222

Almendra é uma amêndoa esquecida. Surpreende quem passa pela vila, no final da N222, e vê desgastada a beleza de um dos mais interessantes edifícios de estilo barroco no Norte de Portugal. Merece uma paragem mais demorada para se descobrir a verdadeira “amêndoa” do Riba- Côa. Os árabes deram-lhe o nome, outros criaram uma fortaleza…

Ler Mais

A vista soberba do miradouro de N. Senhora do Viso

O santuário de Nossa Senhora do Viso, no concelho de Foz Côa, tem uma vista soberba. O horizonte alcança uma parte significativa da região do Douro e desce até à região da Guarda. Outros miradouros parecem insignificantes comparados com a da Senhora do Viso. Próximo do céu e das divindades os nossos antepassados construíram templos…

Ler Mais

Miradouro do gigante Penedo Durão

Da primeira vez que lá fui, num dia frio de Inverno dos meus dezassete anos, impressionou-me a fúria da corrente do rio, a abundância de aves que pelo tamanho me pareciam irreais, e, porque cenários daquela grandeza, só os conhecia do cinema. Voltei lá no final dos anos 60 e foi uma decepção: em vez…

Ler Mais

Suspensos no Miradouro da Fraga do Puio

Estamos numa plataforma de madeira e vidro. Suspensos sobre uma encosta de granito e o rio Douro que passa no fundo do vale. Suspensos fisicamente e com a respiração suspensa pela força da Natureza. O Douro corre apertado, sereno, depois de ter deixado para trás a barragem de Picote. Reflete cores intensas da luz do…

Ler Mais

Miradouro de São João das Arribas “mete medo porque tem uma altura do catano”

São João das Arribas tem um miradouro com uma vista deslumbrante do rio Douro e de escarpas graníticas enormes e a pique do lado português e espanhol. As arribas são de tal forma altas e verticais que só vemos o rio quando nos aproximamos da beira dos penhascos, (ou penhas) e alguns ultrapassam os 100…

Ler Mais

O miradouro Casal de Loivos é a varanda de Pinhão

Do miradouro Casal de Loivos contemplamos o vale, Pinhão, o Douro e a vinha a abraçar os montes em forma de cone do outro lado da margem do rio. A par do miradouro da Quinta das Carvalhas, que fica do outro lado do rio Douro, Casal de Loivos oferece uma das mais bonitas vistas do…

Ler Mais

Miradouro de Frei Estevão e da N222

O miradouro de Frei Estevão é um ponto de paragem obrigatório na Nacional 222 em Ervedosa do Douro. O miradouro fica mesmo ao lado da rodovia que namora o rio. É parar e ver de imediato um dos cenários mais bonitos do Douro e que ilustra o motivo porque toda esta área foi classificada pela Unesco…

Ler Mais

Senhora de Lurdes é um dos mais fascinantes miradouros do Douro Vinhateiro

“Devido ao fascínio exercido nos homens pela grandiosidade do vale do Douro, vão erguer pequenos santuários de romaria em pontos notáveis da sua paisagem. Mirantes de contemplação de um lugar mágico”Portugal, o Sabor da Terra; Jose Mattoso, Suzanne Daveau, Duarte Belo. O miradouro de Senhora de Lurdes é uma surpresa. Um dos mais deslumbrantes do…

Ler Mais

Miradouro de S. Salvador do Mundo e dos amores eternos

“Desço o Doiro de barco, desde a foz do Sabor. Faltava no meu rol de deslumbramento o maior de todos que só hoje, ao cabo de muitos anos de espera, me foi concedido por não sei que caprichoso deus do acaso. Vou colado à proa do rabão, alheio aos dentes de sol e ao garrote…

Ler Mais

O bonito miradouro de Santa Bárbara e do Douro

Diz o ditado popular que só nos lembramos de Santa Bárbara quando troveja, mas aqui, não. É ao contrário. Vale a pena subir (é quase escalar!) o monte e ir ao miradouro ver a paisagem vinhateira a encantar o Douro. A altitude é de 384 metros. Não é muito alto, mas temos uma vista de…

Ler Mais

O Vesúvio do Douro

Uma das experiências mais deslumbrantes para descobrir o Alto Douro Vinhateiro é seguir o rio. De barco, ou de comboio que serpenteia as margens do Douro. De barco há vários cruzeiros, alguns deles com viagens de poucas horas, mas suficientes para nos apercebermos da beleza do rio a espelhar a grandeza dos socalcos da vinha.…

Ler Mais

Museu do Vinho de S. João da Pesqueira é o miradouro do Douro Vinhateiro

“No Douro, em encostas que até aí só davam mato bravio, começou, no século XVII, a levantar-se a escadaria de geios ou socalcos destinados a suster a terra, em parte criada com a rocha moída e cabazadas de estrume – a mais vasta e imponente obra humana do território português.” Portugal, o Mediterrâneo e o…

Ler Mais

São Xisto, o rio e a vinha: a irmandade do Douro

São Xisto é um encanto. Pela beleza natural, pela obra hercúlea do homem na decoração das montanhas com a vinha e também por ser um recanto junto ao rio Douro. A aldeia de xisto, o rio e a vinha. São a “Santíssima Trindade” do Douro, os elementos que dão corpo a uma das mais notáveis…

Ler Mais

Uma praia na Foz do Sabor a peixes do rio

A praia fluvial de Foz do Sabor tem tudo para um dia bem passado. Água fresca, sombra, comida tradicional e uma bela paisagem. A aldeia Foz do Sabor é pequena, fica a cerca de uma dezena de quilómetros de Torre de Moncorvo e é conhecida pela gastronomia – os peixes do rio e as migas…

Ler Mais

S. Leonardo de Galafura contempla “um excesso de natureza”

O miradouro de S. Leonardo de Galafura é um dos mais encantadores do Douro. Em primeiro lugar devido à  paisagem. Tem uma vista sublime sobre o Douro. Depois, porque foi tema da poesia de Miguel Torga que escreveu num dos seus Diários que do miradouro, Não é um panorama que os olhos contemplam: é um…

Ler Mais

Museu do Côa – a varanda do maior museu ao ar livre do Mundo

O Museu do Côa está no topo de uma colina virado para a foz do rio Côa e leva-nos pelo serpentear do rio até alguns dos 80 sítios onde há gravuras rupestres do Paleolítico

Ler Mais

O Douro Internacional é mais bonito que o rio que corre pela minha aldeia

Miguel Torga num miradouro, a olhar para o rio Douro, escreveu que “não é um panorama que os olhos contemplam: é um excesso da natureza”. A frase aplica-se por inteiro quando o rio percorre a primeira centena de quilómetros em Portugal. Pelo meio de arribas escarpadas, com dezenas de metros de altura, onde o homem…

Ler Mais

A obra dos homens no Barrocal do Douro

A barragem de Picote, no concelho de Miranda do Douro, foi a primeira no Douro Internacional e foi uma aposta de modernidade.

Ler Mais

O chocalheiro, a barragem e os casamentos de Bemposta

A barragem de Bemposta foi inaugurada há 55 anos e por ser num lugar inóspito foram construídas habitações para os barragistas.

Ler Mais