Ver e participar em trabalhos de arqueologia: desenterrar mortos da nobreza e do povo em Sarilhos Grandes

Vamos descobrir os segredos de Sarilhos Grandes. Ver e participar na descoberta. Mesmo sem termos grandes conhecimentos de arqueologia podemos contribuir para a revelação da necrópole de Sarilhos Grandes, numa ermida e em redor da igreja de S. Jorge. Os trabalhos arqueológicos são retomados a 13 de Julho e devem terminar no inicio de Outubro.…

Ler Mais

A picagem das armas dos condes de Atouguia

O 11º e último Conde de Atouguia foi supliciado em Lisboa em 13 de Janeiro de 1759. Estava acusado de cumplicidade na tentativa de homicídio do rei D. José. O “azar dos Távoras” de Jerónimo de Ataíde é que era casado com Mariana Bernarda de Távora, filha dos marqueses de Távora, uma linhagem que foi…

Ler Mais

Igreja da Memória do tiro ao rei

A igreja da Memória tem vários nomes. Também é designada por de Nossa Senhora do Livramento ou de S. José. Todas estas designações remetem para o motivo porque foi construída. Foi neste local que o rei D. José sofreu um atentado em 1758. Três anos depois do tremor de terra de 1755. Na altura, a…

Ler Mais

O madeiro de Penamacor já não vai à tropa

O madeiro de Penamacor, o maior de Portugal. A origem e as tradições.

Ler Mais

A monumentalidade da monumental Sé da Guarda

Tudo o que diga respeito à Sé Catedral da Guarda é sempre associado a monumentalidade. Da dimensão do edifício, da afirmação do poder, da fé, da arte, da Igreja que teve aqui uma das maiores dioceses.

Ler Mais

Concatedral de Miranda do Douro

A Concatedral de Miranda do Douro é um edifício enorme tendo em conta o centro histórico da cidade.

Ler Mais

Competição para Catedral: a candidata nº 2, Torre de Moncorvo

“São modestos os nossos museus, e se abundam as igrejas são poucas, se há algumas, as que pedem meças à Sé de Miranda, ou às matrizes de Moncorvo e Freixode-Espada-à-Cinta“. Trás-os_montes, o Nordeste; J. Rentes de Carvalho Cheguei ao final da tarde de um dia solarengo a Torre de Moncorvo. Ainda estava na enorme subida…

Ler Mais

Competição para a catedral transmontana: candidata nº1, Freixo de Espada à Cinta

Chamam a Freixo de Espada à Cinta a Vila Manuelina. Um dos expoentes máximos dessa época é a igreja Matriz também conhecida como igreja de S. Miguel.

Ler Mais

Camões Tours

Centenas de turistas entram todos os dias num dos postais ilustrados de Lisboa e que exalta a epopeia dos Descobrimentos.

Ler Mais

Nem a morte serenou a amada de Camões

É na igreja do Convento do Beato que estão os restos mortais de Violante Andrade, a ama por quem Camões se apaixonou e que lhe marcou a vida. Fica na Alameda do Beato, em Lisboa.

Ler Mais

O retrato da apaixonada de Camões

Violante, uma das paixões de Camões, era loura e o seu retrato está num quadro na capela da Santa Casa da Misericórdia de Algodres.

Ler Mais

Em Castelo Mendo as pedras falam

Uma encosta com uma muralha oval protege os habitantes de Castelo Mendo da vista dos estranhos e no alto brilham as ruínas de uma torre porque há muito que perderam os sinos e revelam o que dizem as pedras. Na longa descida da estrada para as Portas da Vila surge uma santa em pedra, muitos…

Ler Mais

«Tudo como dantes, quartel-general em Abrantes»

O castelo de Abrantes é uma das maiores fortificações da linha defensiva do Tejo do tempo da Reconquista. Já foi quase tudo.

Ler Mais

Um rio de História em Mértola

Mértola é um museu a céu aberto que revela a sua história de porto comercial por várias civilizações. Até a sala de entrada do hotel onde fiquei tem uma galeria com ruínas romanas. No edifício da Câmara Municipal a situação é relativamente semelhante. A cave está repleta de ruínas de uma casa romana e até…

Ler Mais

A bonita e precursora igreja das Águas

A igreja das Águas, no concelho de Penamacor da autoria do arquiteto Nuno Teotónio Pereira.

Ler Mais