Dos mais antigos seres vivos no Museu das Trilobites

O Museu das Trilobites no concelho de Arouca, dá-nos a conhecer duas histórias fantásticas. A principal é a de fósseis de varias espécies, em particular as trilobites que viveram no mar durante 300 milhões de anos. Terão sido dos mais antigos seres vivos! Acrescenta-se o facto de no museu podermos ver algumas das maiores em…

Ler Mais

Casal de São Simão é uma das mais bonitas Aldeias do Xisto

Casal de São Simão fica no concelho de Figueiró dos Vinhos, escondida no meio da serra e protegida por São Simão que está na ermida no topo do monte desde o séc. XV. Casal de São Simão é pequena, tem cerca de duas dezenas de casas e é o traçado de uma rua que desce a…

Ler Mais

Candal para namorar ou passar o tempo

Candal impressiona logo à primeira vista. A forma como as casas estão integradas na serra, a sua disposição e os materiais de xisto e madeira fazem um retrato que se torna ainda mais interessante em dias de nevoeiro. A aldeia é um anfiteatro de casas que sobe uma encosta íngreme até ao miradouro. Daqui podemos contemplar…

Ler Mais

Foz de Alge e a deslumbrante simbiose com o Zêzere

Um excelente património natural com fugas a praias fluviais e contemplar paisagens únicas do Zêzere e da Ribeira de Alge. O ponto de partida é a Foz de Alge onde a Ribeira que vem da Serra da Lousã atravessa o concelho de Figueiró dos Vinhos e junta-se ao rio Zêzere. No alto da serra, no…

Ler Mais

O entrudo nas aldeias de xisto de Góis

Este Domingo, a partir das 8h, começa a Corrida do Entrudo em quatro aldeias de xisto do concelho de Góis. O ponto de encontro é na Aigra Nova onde a Lousitânea tem a sede e um ecomuseu. A Lousitânea, Liga de Amigos da Serra da Lousã, é quem organiza a Corrida do Entrudo que há…

Ler Mais

Aigra Nova – leve uma cenoura e prove uma gamelinha

Aigra Nova é uma das aldeias de xisto do concelho de Góis mais bem preservada e com mais pontos de interesse para os visitantes.Isso deve-se, em grande parte, a uma associação sem fins lucrativos que procura conservar e valorizar o património local, a Lousitânea, Liga de Amigos da Serra da Lousã. Foi criada em 2001…

Ler Mais

Aigra Velha e enigmática

Aigra Velha é muito pequena, tem meia dúzia de casas, mas é das mais enigmáticas e interessantes entre as várias aldeias de xisto desta parte da serra da Lousã. A maior parte das casas são térreas com portas de madeira e algumas guardavam animais. Ouviam-se cabras numa das casas e noutra um cão fazia imenso…

Ler Mais

Comareira – a dona Céu já não mora aqui

Maria do Céu e a filha nasceram e viveram muitos anos na Comareira.  Agora não, foram embora. No presente, Comareira não tem qualquer habitante durante a noite. Episodicamente alguns turistas pernoitam numa das casas de xisto que foi recuperada. Há uma outra casa que dá sinais de estar habitada, tem horta ao lado e animais.…

Ler Mais

Ferraria de São João é exemplo

Ferraria de São João é uma pequena aldeia de xisto no alto de uma encosta da Serra da Lousã. Tem poucas ruas é pequena e as casas são quase todas de pedra. Algumas estão rebocadas de branco outras apenas parcialmente. O primeiro piso está com reboco, o rés do chão tem pedra à vista e…

Ler Mais

A fama e o merecido proveito do Talasnal

Antes de conhecer Talasnal tem primeiro de o ver no contexto da serra. Há um miradouro na estrada que quebra a vegetação luxuriante só para nos oferecer uma visão de conjunto de uma das aldeias de xisto com mais sucesso. Nas palavras de Luis Antunes, Presidente da Câmara da Lousã, o Talasnal apresenta uma grande…

Ler Mais

Casal Novo em xisto velho e Chiqueiro com pastor

Casal Novo e Chiqueiro são duas pequenas aldeias de xisto da serra da Lousã. Estão relativamente próximas no alto de uma encosta e têm ainda em comum outras características que as distinguem das restantes. Nas palavras do presidente da Câmara da Lousã, Luis Antunes, enquanto Talasnal, Cerdeira e Candal têm uma forte componente turística, Casal Novo e…

Ler Mais

Caminhar no xisto da serra da Lousã

As aldeias de xisto são uma das marcas da serra da Lousã e quatro estão muito próximas. São também das mais genuínas. Um percurso pedestre permite descobrir Comareira, Aigra Nova, Aigra Velha e Pena e também a serra, as paisagens, a herança da presença humana quando estas aldeias estavam povoadas. O percurso tem cerca de 9km…

Ler Mais

O xisto amarelo e genuíno de Gondramaz

Gondramaz é uma pequena aldeia de xisto a meio de encosta da serra da Lousã. Foi toda renovada e está rodeada de árvores. Encanta os visitantes devido à sua simplicidade. Na verdade é uma rua rodeada de casas pequenas que desce a serra e por vezes se desdobra em pequenas ruelas. O caminho termina com um…

Ler Mais

O desconhecido e fascinante Desfiladeiro do Cabril do Ceira

É provável que vá ganhar algumas inimizades. Há quem tenha o exclusivo de uma das praias fluviais mais bonitas de Portugal e que é um segredo.

Ler Mais

A arca de Noé no Parque Biológico da Serra da Lousã

O Parque Biológico da Serra da Lousã tem cerca de 400 animais de 47 espécies e representam uma parte significativa das raças autóctones portuguesas. Algumas já nem existem como é o caso dos ursos pardos que há mais de dois séculos ainda andavam na serra do Gerês. No Parque há um casal, a Berta e…

Ler Mais

Aldeias de xisto

Ler Mais