“Alma até Almeida”, a fortaleza do tempo

Almeida mantém-se como uma vigorosa fortaleza. No passado, a estrutura em hexágono protegia da guerra, dos invasores espanhóis e franceses. Hoje, a muralha preserva a identidade e um fabuloso património. Almeida fica numa zona plana e só temos uma perceção clara da vila quando nos aproximamos da praça-forte. As elevações, os canhões, o enorme fosso... … Continue a ler “Alma até Almeida”, a fortaleza do tempo

Rio Sado – uma reserva natural que corre para Norte

O Sado é um rio tipicamente alentejano. Resiliente, sereno e de convicções fortes. De tal modo que é dos poucos rios portugueses que corre de Sul para Norte.Nasce no Baixo Alentejo, na serra da Vigia, próximo de Ourique. Percorre depois 180 km pelo Alentejo Litoral até desaguar no oceano em Setúbal. Pelo caminho alimenta a … Continue a ler Rio Sado – uma reserva natural que corre para Norte

Pêro da Covilhã – o rosto do maior espião português

Há dois lugares onde podemos ver o rosto do maior espião português. Um deles é no Padrão dos Descobrimentos, em Lisboa. É um dos notáveis dos Descobrimentos, mesmo ao lado da Bandeira da Ordem de Cristo e sétimo no alinhamento atrás do Infante D. Henrique. O outro lugar é onde se atribui ser a sua … Continue a ler Pêro da Covilhã – o rosto do maior espião português

Torre da Paz de Benfeita dá hoje 1620 badaladas – II Grande Guerra terminou há 75 anos

O fim da II Guerra Mundial é todos os anos evocado em Benfeita, uma aldeia do concelho de Arganil. Foram 1620 os dias da Segunda Grande Guerra e são também 1620 as badaladas que são tocadas um pouco antes das 15h na Torre da Paz, uma estrutura de xisto que se destaca no meio da … Continue a ler Torre da Paz de Benfeita dá hoje 1620 badaladas – II Grande Guerra terminou há 75 anos