O “melhor miradouro do Faial é a Caldeira”

Na ilha do Faial há vários miradouros naturais com vistas magnificas. Os que têm paisagens mais deslumbrantes são os que têm vista para a ilha do Pico. Da gigante Caldeira do Faial temos igualmente vistas mais amplas, para várias ilhas dos Açores.
site_faial_picoUm dos miradouros onde conjugamos a vista para o ponto mais alto de Portugal e para a cidade da Horta é o da Nossa Senhora da Conceição. Fica no alto de uma encosta, habitualmente com muito vento, a caminho da praia de Almoxarife.
site_horta_4682A linda cidade da Horta a subir a encosta a partir da marina, o mar e a ilha do Pico constituem um enquadramento notável e inesquecível.
Daqui também vemos a Caldeira do Faial que está no centro da ilha. É o ponto mais alto no Fail e alcançaria maior altura se o topo do vulcão não tivesse abatido há cerca de 500 mil anos.
site_caldeira_DSCF7003A cratera é muito profunda e é do mais importante vulcão da ilha.
Conforme sublinha João Melo, director do Parque Natural do Faial, a Caldeira é também um santuário de biodiversidade, com floresta Laurissilva, do mesmo género da encontrada pelos povoadores flamengos que de forma intensa chegaram aqui no final do século XV.
A caldeira tem 2km de diâmetro, 7km de perímetro e 400 metros de profundidade. Devido a estas características não teve a interferência do homem. A vegetação é endémica dos Açores.”

O vulcão está adormecido. Há algumas décadas atrás deu conta disso.
No entanto, foi um outro vulcão que teve impacto na Caldeira. As erupções do vulcão dos Capelinhos em 1957 provocaram fendas na cratera que deu origem ao escoamento da lagoa.
site_caldeira_3789Agora há uma de menores dimensões e o volume de água varia consoante a pluviosidade.
Do topo da cratera a lagoa parece pequena e tem também uma tonalidade mais escura do que a exuberância da vegetação.
site_caldeira_4698Na verdade, a aparência varia muito rapidamente. Porque é um lugar ventoso é frequente haver nuvens e a luz natural muda à velocidade da erupção de um vulcão.
site_caldeira_3786No topo da cratera passamos por um pequeno túnel que nos encaminha para a boca do vulcão. Há uma vedação e quem quiser pode seguir por um percurso pedestre. “O trilho é muito acessível e demora cerca de 2.30h a fazer. Há ainda outro percurso. É ao interior da Caldeira e só pode ser feito na companhia de um guia do Parque Natural”. De forma a salvaguardar o património natural da cratera, por cada dia, as autoridades admitem o máximo de 40 visitantes.
site_caldeira_4697A Caldeira é um dos lugares mais procurados do Faial e além da cratera há outra razão para o elevado interesse: a vista que se alcança. João Melo qualifica-a como um paisagem “deslumbrante única”. A vista alcança as ilhas do Pico, S. Jorge e Graciosa. Por outro lado é o melhor miradouro do Faial.” A Caldeira marca também a paisagem da ilha porque se vê de vários locais. O que é bom. site_faial_aerea_caldeira_4293Convém sempre espreitar como está o tempo antes de iniciar a vista à Caldeira porque a vista muda radicalmente conforme a luz do sol.
E também pode suceder que, quando chega ao topo, surge uma teimosa neblina que o impede de contemplar as outras ilhas. Foi o que nos sucedeu como ilustram as imagens.
Aqui encontra informação mais detalhada sobre vulcanologia nos Açores e sobre a Caldeira no Património Geológico de Portugal.
Ver Roteiros nos Açores

O “melhor miradouro do Faial é a Caldeira” faz parte do programa da Antena1 Vou Ali e Já Venho, e a emissão deste episódio pode ouvir aqui.
O Vou Ali e Já Venho tem o apoio:Af_Identidade_CMYK_AssoMutualistaAssinaturaBranco_Baixo