O heroísmo de Angra e do Monte Brasil

Angra do Heroísmo é cidade património mundial. Foi a primeira em Portugal a ter esta distinção da Unesco mas ela, de certa forma, representa a história de todo o país nos Descobrimentos. Escala obrigatória das caravelas, Angra do Heroísmo foi ponto de confluência de culturas e o seu património resulta da vivência desta fusão. A…

Ler Mais

É brutal a Poça de Simão Dias

É Brutal! Este é o comentário mais frequente sobre a Poça de Simão Dias na Fajã do Ouvidor, na ilha açoriana de S. Jorge. É uma piscina natural e o comentário é certeiro porque a sensação é mesmo essa. Brutal pelo efeito que provoca num primeiro olhar, bruta pela dimensão das escarpas de basalto, muito…

Ler Mais

Manuel Estrela o pescador “campeão” na Graciosa

Vamos à pesca na Graciosa na companhia de Manuel Estrela o mestre do Magda Benjamim. O “campeão da Graciosa” na pesca do goraz, conforme ele diz, tem o barco no cais da Vila da Praia. Manuel Estrela nasceu na ilha de S. Miguel e há sete anos que vive na Graciosa. Tem “45 anos de…

Ler Mais

O inventor dos moinhos de S. Jorge

Na ilha de S. Jorge há vários tipos de moinhos de vento e de água. Nas encostas à beira das estradas é frequente encontrar os de água. Um dos enquadramentos mais interessantes é na estrada para a Fajã dos Vimes. Distinguem-se também os moinhos movidos a vento que têm uma forma triangular e com rodas.…

Ler Mais

O ícone da Graciosa

Os moinhos da Graciosa destacam-se entre o verde da ilha açoriana. A forma e a cor vermelha fazem destes moinhos um ícone. A cúpula vermelha que termina em bico é o elemento que mais se destaca. É também o que mais facilmente determina a sua origem europeia. Dizem que o vermelho é a cor original…

Ler Mais

O heroísmo de Angra e do Monte Brasil

Angra do Heroísmo é cidade património mundial. Foi a primeira em Portugal a ter esta distinção da Unesco mas ela, de certa forma, representa a história de todo o país nos Descobrimentos. Escala obrigatória das caravelas, Angra do Heroísmo foi ponto de confluência de culturas e o seu património resulta da vivência desta fusão. A…

Ler Mais

Parque Natural de S. Miguel: o maior e mais diverso paraíso nos Açores

A natureza criou para si um paraíso e isolou-o no meio do Atlântico. O arquipélago dos Açores é deslumbrante e uma das ilhas com maior diversidade de riqueza natural é São Miguel. O Parque Natural tem 23 áreas protegidas. Salvaguarda, por exemplo Monumentos Naturais, como a Caldeira Velha ou a Lagoa do Fogo, como também…

Ler Mais

Santa Maria já foi ilha duas vezes

A ilha de Santa Maria é a irmã mais velha do arquipélago dos Açores. Tem cerca de seis milhões de anos, mais do dobro da idade das restantes.Tem ainda outra particularidade: foi ilha duas vezes. Por este motivo um dos elementos naturais que marcam a ilha e o Parque Natural são as diversas formações geológicas.…

Ler Mais

As chaminés das casas de Santa Maria

São casas únicas e que facilmente se destacam pela cor branca no meio das encostas verdejantes da ilha de Santa Maria. A arquitetura das casas é singular e resultam da influência dos povoadores oriundos do Algarve, Alentejo e Beiras. Há uma matriz comum a muitas habitações que as identificam como a casa típica mariense. São…

Ler Mais

As adegas do Pico e a casa do Ramo Grande

As adegas do Pico são casas rudimentares com o basalto cru e mobiliário básico. A casa do Ramo Grande, na ilha Terceira, pertencia a lavradores abastados. As adegas são uma construção típica da ilha do Pico. Têm esse nome porque no rés do chão funciona a adega mas há também construções que servem para habitação…

Ler Mais

Colchas de S. Jorge e dos Açores

S. Jorge é conhecida como a ilha da tecelagem e as colchas de ponto alto são as mais afamadas. Estão espalhadas por todos os continentes, seguiram a diáspora açoriana e algumas têm mais de um século. As colchas continuam a ser feitas em teares manuais, em particular na Fajã dos Vimes e seguindo a tradição…

Ler Mais

A estátua que abraça Portugal e Brasil

A estátua do Cristo Redentor, no morro Corcovado, no Rio de Janeiro, é um dos símbolos do Brasil e foi adotado por muitos portugueses. Encontramos imagens semelhantes em regiões portuguesas de forte emigração para o Brasil e, claro, o Cristo Rei em Lisboa. Foi uma iniciativa do cardeal Cerejeira inspirada numa visita ao Rio de…

Ler Mais

O charme da Casa da Ínsua com aroma do Brasil

Luis Albuquerque, antigo governador de Mato Grosso, tinha bom gosto. Não foi apenas o ouro do Brasil. Foi também a procura dos melhores artistas e das comodidades mais modernas da altura que o levou a construir um solar cheio de encantos. Luis de Albuquerque de Melo Pereira e Cáceres mandou construir a Casa da Ínsua,…

Ler Mais

O brasileiro

Muitos portugueses foram seduzidos pelo Brasil. Registaram-se vários fluxos emigratórios, em particular da região das Beiras e do Minho. Uma dessas vagas decorreu em meados do século XIX e, quando regressavam, deixaram uma marca que permanece até aos dias de hoje e que resulta de um forte processo de aculturação. Na verdade, é um dos…

Ler Mais

Museu dos Descobrimentos em Belmonte

Belmonte, a terra natal de Pedro Álvares Cabral, evoca em vários lugares da vila o descobridor do Brasil. Um deles é o panteão dos Cabrais, ao lado da capela da família e do castelo. No entanto, a terra dos Cabrais evoca o descobridor do Brasil em mais espaços. Na rua principal está uma estátua de…

Ler Mais

Belmonte – a terra natal de Pedro Álvares Cabral

Os Cabrais foram os senhores de Belmonte e de outras terras mais distantes. Um deles é agora motivo de visita à vila que homenageia o descobridor do Brasil. A partida de Pedro Álvares Cabral na viagem que o levou a Vera Cruz faz esta segunda-feira, 9 de Marços, 520 anos. Na igreja de S. Tiago…

Ler Mais

A penitência franciscana dos Terceiros

No próximo domingo, dia 8 de março, realiza-se em Ovar uma das celebrações religiosas mais relevantes da cidade. Iguais há poucas em Portugal.           Procissão em Ovar ©CM Ovar É a procissão dos Terceiros que em Câmara de Lobos, na Madeira, se chama de Cinzas porque se realizou na quarta-feira de cinzas. Na Ribeira Grande…

Ler Mais

As Linhas de Torres que fizeram xeque-mate a Massena

A proposta é de um passeio às Linhas de Torres. Não vamos ser os primeiros. O exército de Napoleão, ficou surpreendido e o general Massena andou um mês a estudar a forma como podia ultrapassar a linha defensiva. Voltou para trás, fez 210 anos a 5 de Março. Deparou-se com uma barreira que o levou…

Ler Mais